Duas fortes parcerias foram seladas na OAB/DF pela Comissão de Acessibilidade para Pessoas Portadoras de Deficiência. Uma delas foi com a Fundação Jardim Zoológico de Brasília, e a outra com a rádio Redentor AM 1110 Khz.

No Jardim Zoológico, os portadores de deficiência participarão dos programas de recuperação que utilizam o contato com animais como terapia. Esses programas são realizados semanalmente. O diretor do Zoológico, Raul González, disse que será disponibilizado um espaço a todos os portadores que procurarem a Comissão de Acessibilidade da OAB/DF.

Durante o tratamento, os advogados farão o acompanhamento do portador, proporcionando assistência jurídica. “Eu coloquei a comissão na rua; tirei-a do processo burocrático. Vamos participar dos eventos, ouvir as histórias e tentar resolver. Queremos proporcionar uma integração com a sociedade”, afirmou o presidente da Comissão, Yure Gagarin.

Com a rádio Redentor AM, a Comissão conquistou um espaço para ouvir as dificuldades e necessidades dos portadores de deficiência física. A emissora oferecerá toda a infraestrutura para a realização de um programa para o portador, sem custo para a OAB/DF. “Trabalhamos para que por meio da OAB/DF fosse criado um espaço em que o deficiente possa externar tudo aquilo que precisa ser mudado para facilitar a acessibilidade”, explicou Gagarin.

O programa será criado em breve e possibilitará o trabalho de fiscalizador do advogado nas questões de acessibilidade. Segundo Gagarin, a OAB será porta-voz das pessoas com deficiência. “Iremos atrás de tudo o que for denunciado pelos portadores, por meio do programa”.