Brasília, 11/02/2011 – A Escola Superior de Advocacia do Distrito Federal (ESA/DF) promoverá o primeiro curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Eleitoral, com o apoio acadêmico da Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (EJE/TSE) e do Centro Universitário de Brasília (UniCEUB). Com aulas quinzenais, o curso começa no dia 25/3 (sexta-feira), com 360 horas-aula divididas em 3 semestres letivos, aberto aos portadores de diploma de nível superior.

No corpo docente confirmado figuram os ministros do Supremo Tribunal Federal que compõem o TSE Ricardo Lewandowski, Cármen Lúcia, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, o Vice-Presidente do STF, Carlos Ayres Britto, além dos ministros do TSE, Hamilton Carvalhido, Arnaldo Versiani, Henrique Neves, Joelson Dias e dos ministros de ontem e de sempre, Walter Costa Porto, Fernando Neves, Caputo Bastos, Torquato Jardim, José Eduardo Alckmin e, também, o ex-presidente do STF e do TSE, Carlos Velloso, e o Senador Demóstenes Torres.

Integram ainda o quadro docente da pós, os procuradores da República José Jairo Gomes, Antônio Carlos Mendes, Augusto Aras, Luiz Carlos Gonçalves, o presidente do Colégio de TREs desembargador Walter de Almeida Guilherme, a presidente da Pós-Graduação da FD/USP Monica Herman Gaggiano, o Secretário-Geral da OAB Marcus Vinícius Coelho, o Diretor da ESA/DF Marcus Palomo, e os professores Walber Agra, Alexis Vargas, Luciana Lóssio, Marilda Silveira, Eilzon Almeida, Pedro Rosa, entre outros.

A coordenação científica do curso foi elaborada pelos professores André Ramos Tavares, Livre-docente pela USP e Diretor da EJE/TSE e Manoel Carlos de Almeida Neto, que é doutorando pela USP e Secretário-Geral do TSE.

Segundo Manoel Carlos, “a missão central dessa pós-graduação é formar um seleto time de especialistas que possa entender, dominar e aperfeiçoar o Direito Eleitoral da forma mais técnica e objetiva possível. Para isso, temos a grata satisfação de contar com um quadro docente fantástico, formado por notáveis juristas e professores que vivem, compreendem e transformam o Direito e a Justiça Eleitoral brasileira”.

Com aulas presenciais e vagas limitadas, a ESA/DF disponibilizará bolsas de 30% (trinta por cento) aos Advogados com menos de 5 (cinco) anos de formado, e, também, aos servidores do TSE e dos TREs.

Segundo o diretor da ESA/DF, Marcus Palomo, o objetivo do curso é qualificar os advogados para atuar na área eleitoral, visando principalmente as eleições municipais de 2012 e a reforma do código eleitoral. “O corpo docente é de extrema qualidade, com as maiores personalidades do direito eleitoral brasileiro”, destaca.