Adilson Gurgel e Almino Afonso são escolhidos para CNMP

Em sessão conduzida no domingo (5) pelo presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Cezar Britto, na sede da entidade, o Conselho Federal da OAB escolheu os dois novos representantes que serão indicados ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). São eles os advogados Adilson Gurgel de Castro (OAB/RN nº 670) e Almino Afonso Fernandes (OAB/MT nº 3498-B), que são conselheiros federais da OAB, respectivamente, pelos Estados do Rio Grande do Norte e Mato Grosso. Os dois foram escolhidos pelo voto secreto em sessão extraordinária convocada pela entidade para este domingo.

Devem cumprir mandato de dois anos no CNMP, o órgão de controle externo do Ministério Público. Os dois novos escolhidos pelo Conselho Federal da OAB para representar a entidade no CNMP substituirão, respectivamente, os conselheiros Sérgio Frazão do Couto e Ernando Uchoa Lima. Os representantes escolhidos pela entidade serão agora sabatinados pelo Senado Federal, após o que serão designados pelo presidente da República para integrar o CNMP. Presidida por Cezar Britto, a sessão extraordinária contou também com a participação da presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, e dos conselheiros federais pela Seccional Esdras Dantas, Luiz Filipe Coelho e Evandro Pertence. Com informações do Conselho Federal


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: