Advocacia Empreendedora (Jornal de Brasília)

Empreender na Advocacia quer dizer “gerir um negócio jurídico”. O profissional tem de ser organizado, sobretudo, no aspecto financeiro. Precisa ser exímio comunicador dentro do escritório e no atendimento ao cliente. É indispensável a tecnologia. Também, absolutamente necessário fazer investimentos em ferramentas e observar técnicas de marketing. A gestão é a organização ajudam as bancas jurídicas a manterem a excelência! Não menos importante: precisa ter tenacidade e resiliência, pois há 1,2 milhão de advogados atuando no mercado brasileiro, o que exige um olhar atento à competitividade.

Atravessamos a pior pandemia de todas! Está difícil vencer problemas como o aumento do desemprego. O que os profissionais do Direito mais precisam, de agora em diante, é capacitarem-se.

Curiosamente, levantamento do Datafolha, em pesquisa inédita e recente, traz que a advocacia brasileira, com tudo o que estamos vivenciando, “não aponta a crise sanitária como a principal dificuldade para o exercício da profissão”, mas “a morosidade da Justiça”.

Por Érika Siqueira, advogada, presidente da Comissão de Gestão de Escritórios de Advocacia do Distrito Federal, da Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF), professora da Escola Superior de Advocacia do Distrito Federal (ESA/DF) e ESA/SC e consultora especialista em gestão legal pela FGV.

Confira aqui o artigo na íntegra.

Comunicação OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: