Brasília, 21/03/2012 – O secretário-geral Lincoln de Oliveira representou a OAB/DF na solenidade de lançamento do selo “Distrito Federal pela Igualdade Racial”. O evento, promovido pela Secretaria da Promoção da Igualdade Racial do Distrito Federal (Sepir/DF), aconteceu nesta quarta-feira (21/03), Dia Internacional Contra a Discriminação Racial, no Salão Nobre do Palácio do Buriti.

A marca de qualidade será concedida aos empresários que incluírem em seus quadros de funcionários negros ou integrantes de grupos minoritários como índios e ciganos. Representantes de nove órgãos do GDF assinaram uma carta compromisso com o objetivo de assegurar que a promoção da igualdade racial esteja entre as prioridades de cada pasta.

A titular da Sepir/DF, Josefina Serra, comandou a solenidade ao lado da ministra da Igualdade Racial, Luiza Bairros. “A igualdade é um acréscimo para a democracia do país. A expectativa é de que o selo seja realmente um sucesso e que muitas empresas participem dos esforços do Governo do Distrito Federal e da sociedade civil”, afirmou a ministra.

Na ocasião foi apresentado o estudo da Codeplan com a amostragem de percentual étnico-racial do DF, realizado pela Companhia de Planejamento (Codeplan). O estudo apontou que 57,5% dos moradores das 24 regiões administrativas pesquisadas declararam-se negros ou pardos, o que equivale a 1,3 milhão de pessoas. Os negros são maioria em 17 regiões e em todas as faixas etárias, mas ainda têm menos acesso à educação superior e ao mercado de trabalho.

“Hoje é um dia muito importante para nós. Representa mais um passo em nossa missão de junto às outras secretarias iniciar a promoção da igualdade racial em nossa cidade”, ressaltou Josefina que também anunciou o projeto de criação da Casa da Cultura Negra do DF.

Lincoln de Oliveira destacou a competência da secretária para gerir os assuntos da pasta e a confiança que a OAB/DF deposita em seu trabalho. “A marcante presença de advogados nesta cerimônia é fruto do trabalho que a secretária Josefina Serra empreendeu no Conselho Seccional da Ordem. Sua participação nas comissões de Direitos Sociais e Direitos Humanos conquistou o respeito de advogados militantes que não lhe faltarão com apoio”.

Reportagem e foto – Demétrius Crispim Ferreira

Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF