Pela primeira vez uma subseção da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal terá um edifício-sede. Em 21 de junho, às 17h, será inaugurada a subseção de Taguatinga da OAB/DF. Com 530 metros quadrados, o novo prédio fica no Setor de Indústrias da cidade e passará a atender os 2,5 mil advogados da região. A inauguração era um compromisso da presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros. Antes, a subseção fucionava em um pequeno espaço no Fórum da cidade. Melhorar a infra-estrutura oferecida aos advogados que residem fora do Plano Piloto sempre foi prioridade para Estefânia. “As subseções da OAB no Distrito Federal eram as únicas do Brasil que não tinham sede própria”, conta a presidente. O projeto permitirá que outras subseções, como as de Sobradinho, Samambaia, Planaltina, Gama e Ceilândia, também tenham um edifício-sede. O presidente da Subseção de Taguatinga, Ailton Coelho Alves, ressalta a importância do novo espaço. “A sede permite a realização de atividades para o aprimoramento do exercício da advocacia na cidade; com certeza os advogados vão ganhar muito”, afirma. Alves pretende organizar palestras e cursos promovendo sempre a renovação dos profissionais. “O Direito muda e o profissional deve estar atualizado”, explica. Espaço O edifício foi projetado a partir das necessidades da Ordem. “A idéia era criar uma identidade visual para todas as subseções”, diz o arquiteto responsável, Gustavo Costa. “Foram concebidos módulos que se organizam de acordo com o terreno”, explica. O prédio de Taguatinga tem dois andares, com elevador e instrumentos necessários para dar acessibilidade a todos. O novo espaço, construído em seis meses, significa mais conforto. Antes, a subseção funcionava em uma área de 60 metros quadrados no Fórum de Taguatinga e chegava a realizar até 700 atendimentos diários. A sede da subseção funcionará na quadra 10, lote 54 do Setor de Indústrias de Taguatinga.