Brasília, 24/3/2015 – A Comissão de Tecnologia da Informação da OAB/DF realizou, nesta terça-feira (24), apresentação e treinamento para uso do Processo Judicial Eletrônico. O encontro ocorreu no Fórum de Taguatinga, que terá a implantação do sistema nos Juizados Especiais a partir de 27 de março.

A advogada Adriana Inácio participou do treinamento e ressaltou a importância do Pje, levando em consideração o benefício para o meio ambiente. O sistema, que dispensa a utilização de papel e tinta, traz uma série de melhorias na rotina dos advogados. “O Processo judicial eletrônico é uma novidade e a expectativa é enorme”, disse.

1O estudante de Direito Dandye Moreno também buscou o treinamento do PJe, com o objetivo de estar preparado no momento em que precisar utilizar o sistema. Dandye aproveitou a oportunidade para parabenizar a OAB, que, segundo ele, está sempre apoiando os profissionais. “Eu vejo que a Ordem busca ajudar os advogados, principalmente aqueles que estão em início de carreira. A OAB cumpre o papel dela de maneira muito proveitosa para nós advogados”.

A presidente da Comissão de Tecnologia da Informação, Hellen Falcão, apresentou a questão histórica e as normas relacionadas ao PJe, além de dar orientações, tirar dúvidas dos advogados e fazer uma demostração do sistema. Hellen também falou sobre as metas do Pje, que deve estar implantado em todos os pequenos tribunais até o final de 2016, em todos os médios tribunais até o final de 2017 e em todos os grandes tribunais até o final de 2018. “O PJe veio com a finalidade de unificar os 47 sistemas que eram utilizados, facilitando a vida dos advogados”, disse.

O vice-presidente da comissão, André Menezes, e o membro Raphael Anunciação também participaram do treinamento.

Comunicação social – jornalismo
OAB/DF