Atendendo ao pleito do advogado José Elias Gabriel Neto, o conselheiro seccional Alexandre Queiroz propôs na sessão do plano dessa quinta-feira (07/02) a criação da Comissão Permanente de Ciências Criminais e Segurança Pública. A proposta foi aprovada por unanimidade.

Alexandre foi empossado o presidente e José Elias o secretário-geral da comissão. De acordo com o conselheiro seccional, interessados para ocupar os outros cargos da comissão já estão sendo procurados.

Os principais assuntos a serem tratados estão relacionados a ressocialização dos presos e o estudo de soluções para diminuir a crescente onda de crimes no Distrito Federal. Mas o presidente Alexandre Queiroz resume, “toda a matéria ligada a ciências criminais será tratada pela nossa comissão”.

Próximos passos

Os envolvidos já estão articulando um seminário que tratará da Lei Seca. O evento está previsto para o mês de março e contará com a presença de advogados da área das ciências criminais, policiais e representantes do Departamento de Trânsito (Detran). Mais informações serão divulgadas em breve.

Reportagem – Dandara Lima

Foto – Valter Zica
Comunicação Social – Jornalismo