Amagis/DF diz que marcha foi exigência da sociedade

A Associação dos Magistrados do Distrito Federal e Territórios participou quarta-feira (7) da Marcha em Defesa da Cidadania e do Poder Judiciário, organizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Convidado pela presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, o presidente da Amagis/DF, juiz Aiston Henrique de Sousa, participou da manifestação contra a Proposta de Emenda à Constituição nº 12, a chamada “PEC do Calote dos Precatórios”. Segundo Sousa, a marcha foi uma exigência da sociedade pelo cumprimento, por parte de Estados e municípios, das decisões do Poder Judiciário. “Representa uma exigência da sociedade para que as decisões judiciais sejam cumpridas efetivamente”, afirmou o presidente. “Significa a afirmação do Estado Democrático de Direito, porque o Estado tem de garantir a existência, o funcionamento e a efetividade da Justiça.” A marcha reuniu mais de 2 mil pessoas entre advogados, magistrados e estudantes de Direito. Os manifestantes percorreram três quilômetros, da sede da OAB Nacional (L2 Sul) ao Congresso Nacional, passando pela Esplanada dos Ministérios. O presidente nacional da Ordem, Cezar Britto, entregou um manifesto ao presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer. Por fim, o parlamentar prometeu o debate da matéria com a sociedade.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: