Desde esta terça-feira (11/01), a Caixa de Assistência dos Advogados do Distrito Federal (CAA/DF) está sob a nova administração presidida pelo advogado Carlos Aureliano Motta de Souza. A presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, reuniu-se com os novos administradores, aos quais pediu todo o empenho para que durante o exercício que se inicia a CAA/DF seja revigorada e volte a fornecer serviços de qualidade aos usuários. A presidente lembrou ainda o processo que resultou na interveñção do órgão, depois que foram identificados problemas que, não fossem resolvidos de imediato, resultariam na sua completa insolvência, bem como a ruptura institucional com a Seccional provocada pela Diretoria anterior. Este foi, inclusive, a principal razão da intervenção, aprovada por 27 votos a três em sessão extraordinária do Conselho Seccciona no dia 21 de outubro de 2004. A decisão foi fundamentada no relatório apresentado pelo relator do processo, o conselheiro Walter do Carmo Barleta.  Insatisfeita, a antiga Diretoria apresentou recurso ao Conselho Federal da OAB, mas na sessão do dia 7 de dezembro de 2004 a Terceira Câmara aprovou, por unanimidade, a decisão do Conselho Seccional da OAB/DF. O relatório do Conselheiro Federal Roberto Sbravati (RS), no sentido de negar provimento ao recurso, foi acompanhado por todos os Conselheiros Federais da Terceira Câmara. Para a presidente Estefânia Viveiros, o assunto, embora tenha assumido contornos políticos e até pessoais, está encerrado. O Conselho, a meu ver, tomou a decisão certa e fizemos o que era possível. Agora, a minha maior preocupação é no sentido de que a CAA/DF retome, com todo o vigor, as suas atividades para que, em breve, possa estar oferecendo novos serviços assistenciais aos advogados”, afirmou.

FONTE: Os demais dirigentes da CAA/DF são: Alberto Moreira de Vasconcelos (vice-presidente), Edylcéa Tavares Nogueira De Paula (secretária-geral), João Carlos Souto (secretário-geral adjunto) e Pedro Augusto Musa Julião (tesoureiro).”””