Declarações do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Edson Vidigal, sobre o lançamento da Campanha Nacional de Defesa e Valorização da Advocacia, feito hoje (22), às 10h, pelo presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Roberto Busato: “Ela confirma o dispositivo constitucional de que o advogado presta inestimáveis serviços à administração da Justiça. O advogado é o intermediário autêntico, o único legítimo, nas relações entre a sociedade e o Poder Judiciário na prestação da jurisdição, da obrigação jurisdicional. Sem o advogado, não adianta ter juiz porque a Justiça não se realiza. O advogado é peça essencial na realização do contraditório e, sem o contraditório, a Justiça também não se realiza porque uma outra imposição constitucional, o princípio da ampla defesa, também não prospera. Então, a Ordem dos Advogados do Brasil, essa instdituição que tanta contribuição tem dado à história do Brasil, sempre que o País é entorpecido por doses de autoritarismo, sendo tentado a ser posto fora da ordem legal, da ordem democrática, é a OAB que sempre se erige, se ergue em primeira trincheira na luta pela devolução dos direitos civis. Então, eu vejo essa campanha com muita simpatia. Ela tem todo o meu apoio e nós, aqui do Superior Tribunal de Justiça, temos trabalhado junto com o presidente Roberto Busato na realização da Justiça, entendendo que a Ordem dos Advogados do Brasil e STJ, corte constitucional da Federação, Tribunal da Cidadania, juntos têm muito o que empreender em favor da cidadania. E este encontro em defesa da valorização da advocacia tem nosso apoio e eu quero estar presente para atestar pessoalmente nosso entusiasmo por iniciativas como esta, que deverão ser repetidas a cada ano”.   Fonte: Assessoria de Imprensa do Conselho Federal da OAB