A OAB/DF está trabalhando diariamente para conscientizar a sociedade da importância dos advogados. A campanha institucional de valorização da classe está a todo vapor nos quatro cantos do Distrito Federal. Intitulada de “Contrate com Segurança – Consulte um Advogado” o objetivo é despertar a população no sentido de que o advogado é a pessoa indicada para efetivar seus direitos.

Dirigida ao grande público, a campanha pretende popularizar a procura pelos escritórios de advocacia e demonstrar que, em inúmeros casos, a presença do advogado é garantia de sucesso e proteção. Além de alertar para os riscos de contratos celebrados sem a assessoria de um profissional do Direito, a campanha esclarece que o papel do advogado vai além dos tribunais, que ele pode ajudar seus clientes em inúmeras circunstâncias da vida.

“Queremos mostrar a relevância do advogado na contratação de bens e serviços, para evitar prejuízos e aborrecimentos e criar uma cultura de se consultar um profissional sempre que as pessoas forem promover qualquer transação”, explica Francisco Caputo, presidente da Seccional.

Adesivo da campanha

Durante o mês de junho, a equipe de divulgação visitou fóruns, tribunais, subseções e salas de apoio aos advogados, informando sobre a campanha. O material também foi instalado em 16 linhas do transporte público do DF desde 18 de junho e ficará circulando até 17 de julho. Na próxima semana, as sete vans que fazem o transporte de advogados do Nilson Nelson para o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) estarão adesivadas.

Todos os advogados inscritos receberam junto com a edição de junho da revista “Voz do Advogado” um adesivo da campanha. “A ideia é fazer com que o próprio advogado e sua família vistam a camisa da valorização profissional”, disse Caputo. No total, foram confeccionados 35 mil adesivos.

Outra grande aposta para o sucesso da campanha são as mídias sociais. O banner incentivando a consulta de um advogado para contratar com segurança está sendo compartilhado inúmeras vezes pelos adeptos das redes sociais. A campanha já foi veiculada também no Correio Braziliense e no Jornal de Brasília.

Reportagem – Priscila Gonçalves

Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF