O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Marco Aurélio, reconduziu, no início da sessão plenária desta quinta-feira (5), ao cargo de ministro titular do Tribunal, o ministro Carlos Eduardo Caputo Bastos, advogado inscrito na OAB/DF desde 1977. O novo ministro cumprirá novo mandato de dois anos na vaga de jurista. Na solenidade, o ministro Marco Aurélio lembrou que o ministro Caputo Bastos começou a atuar no TSE como juiz substituto no ano de 2000 e foi reconduzido ao cargo em seguida. Chegou à titularidade em 10 de agosto de 2004 e, agora, retorna à Casa para cumprir novo mandato. O ministro Marco Aurélio salientou que a experiência do ministro Caputo Bastos vai contribuir imensamente no julgamento dos processos do Tribunal e ressaltou que ele retorna em tempo de auxiliar nos julgamentos durante o período eleitoral, em que se avolumam os recursos. “O ministro Caputo Bastos terá oportunidade

de prestar serviços relevantes à Justiça Eleitoral e, portanto, à nossa pátria”, saudou. Durante a posse, o ministro Marco Aurélio também cumprimentou o ministro Marcelo Ribeiro que substituiu o ministro Caputo Bastos no intervalo de sua recondução. Com o retorno do titular, o ministro Marcelo Ribeiro volta a atuar no TSE como ministro substituto. Perfil Carlos Eduardo Caputo Bastos nasceu em 10 de março de 1955, em Juiz de Fora (MG). Formou-se em Direito pela Universidade de Brasília (UnB), em agosto de 1977, com especialização em Direito do Trabalho e Previdenciário e Direito Financeiro e Tributário. Na década de 80, fez mais duas especializações pela UnB. Uma em Direito Econômico (1982) e outra em

Direito Constitucional (1983).