Brasília, 17/06/2015 – O presidente da Seccional da OAB/DF, Ibaneis Rocha, participou nesta quarta-feira da sessão de sabatina da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado que aprovou a indicação do advogado Esdras Dantas de Souza para o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Além de Esdras, outros nove indicados sabatinados terão agora seus nomes encaminhados, em regime de urgência, para aprovação do plenário da Casa. Ibaneis acompanhou a sabatina ao lado do vice-presidente do Conselho Federal da OAB, Carlos Lamachia.

Das 10 indicações analisadas, seis referiam-se à recondução de conselheiros já em atividade. Tratam-se dos advogados Esdras Dantas, Leonardo Henrique de Cavalcante Carvalho e Walter de Agra Júnior; dos promotores de justiça Cláudio Henrique Portela do Rego e Marcelo Ferra de Carvalho; e do procurador da República Fábio George Cruz da Nóbrega. Participaram ainda da sabatina coletiva o subprocurador-geral do Trabalho Otávio Brito Lopes; os promotores de justiça Orlando Rochadel Moreira e Fábio Bastos Stica e o juiz Sérgio Ricardo de Souza, todos indicados para um primeiro mandato no CNMP.

20150617_senado1Manifestações e indagações aos indicados foram formuladas pelos senadores Eduardo Amorim (PSC-SE), Antônio Carlos Valadares (PSB-SE), Antonio Anastasia (PSDB-MG), Alvaro Dias (PSDB-PR), Simone Tebet (PMDB-MS), Lindbergh Farias (PT-RJ), Raimundo Lira (PMDB-PB), Blairo Maggi (PR-MT) e Rose de Freitas (PMDB-ES). Nos debates, os sabatinados defenderam uma maior interlocução entre os membros do Ministério Público e as instâncias institucionais e políticas do país.

Membro honorário da Seccional da OAB/DF, Esdras Dantas de Souza irá cumprir o segundo mandato junto ao CNMP. Com total apoio da entidade, ele foi reconduzido como representante da advocacia em sessão plenária do Conselho Federal realizada no dia 17 de maio passado.

20150617_senado2Advogado há 35 anos, atuando na OAB há 32, Esdras foi conselheiro seccional por cinco mandatos consecutivos, diretor-geral da Escola Superior de Advocacia, presidente da Fundação de Assistência Judiciária, diretor 2º Secretário, diretor tesoureiro e presidente da OAB/DF por dois mandatos consecutivos (1991 a 1995). No Conselho Federal da OAB foi conselheiro por quatro mandatos consecutivos, diretor-tesoureiro e presidente da Terceira Câmara.

Comunicação social – jornalismo
Fotos –  Eugênio Novaes
OAB/DF