Cerimônia de entrega de carteiras aborda ética e moral na advocacia

Brasília, 07/07/2011 – A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do DF, promoveu na manhã desta quinta-feira (07/07) duas solenidades de compromisso de novos advogados. Foram entregues 146 carteiras da OAB para os bacharéis aprovados no Exame de Ordem. Os trabalhos foram abertos pelo vice-presidente Emens Pereira: “É um momento solene e, com certeza, o mais importante da Ordem. É um momento de oxigenação da advocacia e de trazer novas experiências”.

Em seu discurso, o orador da primeira turma, Leandro Bettini, destacou o papel do advogado ao cumprir a Constituição. “A caminhada é longa, para nós está apenas começando. Que ela seja sempre acompanhada dos preceitos da ética e da moral”.

“O desafio, a partir desse momento, é muito grande, mas depende, exclusivamente, de vocês, novos profissionais”, ressaltou o secretário-geral da OAB/DF, Lincoln de Oliveira, paraninfo da primeira turma. “Cada um de vocês é responsável por seus atos perante clientes e instituições. Honrem o compromisso que hoje fizeram à diretoria da Ordem e à sociedade, pautando-se sempre pela ética e pela moralidade. Assim teremos, sem sombra de dúvida um país mais justo e mais fraterno”.

Lincoln deixou algumas orientações: “Não tenham receio de agradar ou desagradar. Trabalhem e estudem, buscando conhecimento acima de tudo. Jamais deixem que suas prerrogativas, a duras penas conquistadas, sejam vilipendiadas. Sejam muito bem-vindos à trincheira; trabalhem duro, estudem sem descanso, alcancem sucesso profissional”.

O presidente da Seccional, Francisco Caputo, presidiu a segunda solenidade. “A Ordem se sente muito honrada. Essa é uma manhã que enche os nossos corações de alegria. Vemos ingressando na Casa pessoas dispostas a lutar pela valorização da advocacia e pelo aprimoramento da nossa instituição. É um privilégio sermos advogados. É um privilégio os senhores poderem ostentar no peito esse distintivo que a partir de agora vai identificá-los na sociedade como membros da Ordem dos Advogados do Brasil”.

A oradora Ludmila da Cunha relembrou alguns momentos da VII Conferência dos Advogados do DF, contou experiências e concluiu seu discurso com uma citação de Rui Barbosa: “Estudante sou. Nada mais. Mau sabedor, fraco jurista, mesquinho advogado, pouco mais sei do que saber estudar, saber como se estuda e saber que tenho estudado – Convido os meus novos colegas ao ofício do estudo”.

O paraninfo da segunda turma, conselheiro federal Délio Lins e Silva, contou que recebeu sua “carteirinha” em 1977. Demonstrou orgulho ao dizer que nos últimos dez anos teve o privilégio de entregar a carteira para o seu filho, o conselheiro Délio Fortes Lins e Silva Junior. Ao homenagear os novos advogados, destacou que estão preparados para o mercado de trabalho. “Hoje é um dia de festa. Vocês merecem todos os nossos aplausos e todos os nossos parabéns”. O conselheiro convidou-os para estarem na OAB. “Venham para a Ordem, venham para a nossa Casa. Temos comissão para todos os gostos. A Casa é nossa”.

A diretoria da OAB/DF, conselheiros, parlamentares, advogados, familiares e amigos participaram das cerimônias. Além da carteira, os novos advogados receberam o boton de identificação, a cartilha de prerrogativas e o livro “Oração aos Advogados / Oração aos Moços”.

Reportagem – Thayanne Braga
Foto – Valter Zica
Assessoria de Comunicação – OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: