Membros da Comissão de Direitos Humanos da OAB/DF visitarão na segunda-feira (20) o Hospital São Vicente de Paula, em Taguatinga. O objetivo é apurar denúncias sobre as condições de atendimento no local. Os advogados irão às 9h. O hospital é o único da rede pública de Brasília destinado a pacientes com distúrbios mentais. “Pelas informações que obtivemos, a situação lá está precária em relação às condições de atendimento ao paciente”, declara o presidente da comissão da OAB/DF, Jomar Alves Moreno. Ele cita a falta de medicamentos, como um exemplo. Depois da inspeção, o grupo irá elaborar um relatório que será encaminhado às autoridades responsáveis. O hospital psiquiátrico São Vicente de Paula foi inspecionado anteriormente pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa. Em novembro do ano passado, deputados distritais

verificaram a situação de precariedade dos funcionários, que trabalhavam com guarda-chuvas abertos dentro do prédio em virtude de goteiras e alagamentos. Em 25 de maio deste ano, o governador José Roberto Arruda (DEM) anunciou a reforma do telhado da ala de internação. A colocação da nova cobertura deve custar R$ 660 mil e pretende abranger uma área de 3,3 mil metros quadrados. A unidade de saúde existe há 31 anos e possui cerca de 109 pacientes internos. O hospital realiza atendimento domiciliar a pacientes em estado grave e sem condições de deslocamento. Além de oferece suporte familiar.