Brasília, 15/5/2013 – A Comissão de Assuntos e Relações Institucionais da OAB/DF (CARI) realizou a primeira reunião, no dia 9 de maio, para estabelecer as diretrizes gerais e estratégicas para este ano. Um dos objetivos dos membros é estreitar a relação com outras Comissões da Seccional, em especial a de assuntos constitucionais, de agências reguladoras, de advocacia pública e de prerrogativas, segundo o presidente da Comissão, Rafael Thomaz Favetti.

Durante a reunião, os membros da Comissão discutiram a questão de que o exercício da advocacia não se limita a petições endereçadas a um magistrado. “O cerne da advocacia é a defesa dos interesses dos clientes em qualquer Poder ou esfera estatal. Assim, foram relatadas diversas situações que demandam a atuação da CARI, em especial quanto a honorabilidade dos advogados que atuam no Poder Executivo e no Poder Legislativo”, disse.

Uma das metas da Comissão é divulgar um texto aos servidores do Executivo e do Legislativo sobre o papel do advogado no 3º milênio, bem como as novas e amplas atuações do profissional da advocacia.

Comunicação social – jornalismo
OAB/DF