A Comissão de Assuntos Regulatórios da OAB/DF entregou ao presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, relatório com o diagnóstico sobre a transparência e as dificuldades enfrentadas pela advocacia junto às Agências Reguladoras. O trabalho foi desenvolvido a partir do relato de advogados militantes e de reuniões realizadas com os chefes das procuradorias dos órgãos.

Representando o presidente Francisco Caputo na reunião, o conselheiro federal Délio Lins e Silva, secretário da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas da Ordem, destacou a importância do relatório no âmbito da temática de sua comissão. “Esse trabalho será um grande subsídio para o diálogo de nossa comissão, não só com as agências, mas com o poder público em geral”.

Ophir agradeceu aos membros da Comissão, presidida pelo conselheiro seccional José Cardoso Dutra Junior, a importante contribuição, sobretudo à Comissão Especial de Regulação e Concorrência do Conselho Federal da OAB, instalada recentemente.

“Com o diagnóstico, agora teremos efetivamente elementos para discutir de forma mais precisa as correções necessárias no que diz respeito às questões envolvendo advogados e agências. Temos nesse trabalho que a OAB/DF nos traz o elemento de convicção que nos faltava para atuar”, disse Ophir ao receber o estudo.

Reportagem – Demétrius Crispim Ferreira
Foto – Valter Zica
Coordenação de Comunicação – Jornalismo
OAB/DF