Comissão de Gestão Participativa e Descentralização é criada na OAB nacional

Com o objetivo de descentralizar as decisões e realizar uma gestão mais participativa, a OAB nacional criou a Comissão Especial de Gestão Participativa e Descentralização Administrativa. Sete conselheiros federais foram escolhidos para compor a comissão, entre eles Marcelo Locovat Galvão, representante do Distrito Federal.

Segundo Marcelo, essa será uma oportunidade de modificar os procedimentos que vinham sendo adotados na OAB. “É uma tentativa de dar mais poder de decisão aos conselheiros federais”, explica. A meta agora é instituir o orçamento participativo na entidade e promover a transparência de contas.

A comissão será presidida pelo conselheiro Felipe Sarmento Cordeiro (AL), e contará ainda com André Luis Guimarães Godinho (BA), José Danilo Correia Mota (CE), Gedeon Batista Pitaluga Junior (TO), Edilson Oliveira e Silva (PA) e Valéria Luane Carvalho Costa (MA). Todos foram escolhidos pelo presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado.

Reportagem – Dandara Lima

Comunicação Social – Jornalismo

Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: