A conquista do piso salarial, o restabelecimento reformulado do banco de currículos, o curso gratuito de Formação para o Exercício da Advocacia e o aumento do desconto nos cursos oferecidos pela ESA/DF foram algumas das realizações da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante da OAB/DF no triênio 2010-2012. Das 39 propostas apresentadas no início de 2010, 23 foram realizadas.

A implementação do programa de milhagem, que permitiu desconto de até 50% nas anuidades para advogados com até cinco anos de inscrição, é considerado o maior plano de desconto para advogados jovens entre todas as Seccionais do país. São três anos de redução automática e mais dois mediante participação efetiva em atividades da Ordem.

Pensando em viabilizar o primeiro escritório, foi firmado um convênio com o Programa de Modernização da Advocacia (Promad), que oferece gratuitamente, por dois anos, software de gestão de escritório, seja no controle dos prazos ou na gestão administrativa e financeira, além de site, e-mail e outros itens tecnológicos de trabalho do advogado, com preços acessíveis.

O presidente da Comissão, Délio Lins e Silva Júnior, destacou que todas as propostas foram analisadas pelo grupo. “Algumas delas não foram realizadas devido ao fato de termos achado que não valeriam a pena e outras porque não conseguimos as parcerias necessárias. O importante é ficar claro que todas foram objeto, no mínimo, de acurada análise”.

(Clique aqui) para ver o relatório do triênio.

Reportagem – Priscila Gonçalves

Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF