Brasília, 08/04/2013 – Os advogados Esdras Dantas de Souza e Walter de Agra Junior foram escolhidos, nesta segunda-feira (8), para representar a Ordem junto ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), durante sessão extraordinária do Pleno do Conselho Federal da OAB.O Conselho Seccional da OAB/DF havia aprovado, por unanimidade, em seção do Conselho Pleno, o apoio à candidatura do Membro Honorário Vitalício da OAB/DF, Esdras Dantas de Souza. Além de ter sido presidente da Seccional de 91 a 95, Esdras foi Conselheiro Federal da OAB (98 a 2004) e presidente da Terceira Câmara do Conselho Federal da OAB (2001 a 2004).

A sessão no Conselho Federal que resultou na indicação dos dois advogados foi conduzida pelo presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furado Coêlho, e realizada na sede da entidade. Os dois advogados foram escolhidos pelo voto secreto, após passarem por sabatina, com a participação dos 81 conselheiros federais. Os representantes da advocacia no MP cumprirão mandato de dois anos.

Os nomes de Esdras Dantas e Walter de Agra Junior serão agora encaminhados pelo Conselho Federal da OAB ao Senado Federal, onde serão apreciados pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) e pelo Plenário. Depois disto, os nomes serão encaminhados para sanção da presidente da República, Dilma Rousseff.

O CNMP é composto por 14 conselheiros – dois deles são advogados, representantes da OAB. O presidente nacional da Ordem tem assento com direito a voz. O presidente do Conselho é o procurador-geral da República. A composição do CNMP é formada para uma gestão de dois anos, sendo que os conselheiros podem ser reconduzidos aos cargos por mais um mandato.

Texto – Tatielly Diniz
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF