“Estamos sempre em busca de garantir a manutenção do Estado democrático de Direito. Vocês não fizeram o juramento da advocacia para nós, juraram para a sociedade brasileira. Tenham isso em mente no exercício da profissão”, ressaltou o secretário-geral da Seccional, Jacques Veloso de Melo, ao presidir a solenidade de entrega de carteiras que ocorreu na tarde desta quarta-feira (27).

O paraninfo e presidente da Associação dos Advogados Criminalistas do DF, Andrew Fernandes compartilhou sua experiência sobre a carreira na advocacia. Contou que o advogado veste a toga para que contribua para a administração da justiça. “Nessa crise civilizatória em que vivemos, o Direito é muito importante, mas não é suficiente para o progresso civilizatório. Saibamos combater, ganhar e perder as causas dentro das regras. ”

A oradora da turma, Rosangela Silva, enfatizou que o exercício da profissão terá que ser pautado dentro dos estritos limites da ética e moralidade. “O caminho que escolhemos trilhar requer determinação, entusiasmo, responsabilidade, ética e amor à profissão. Somos essenciais à justiça. Não nos deixemos intimidar pelos opressores deste mundo, não cedamos.”

Compuseram a mesa o secretário-geral da Seccional, Jacques Veloso; o paraninfo, Andrew Fernandes; o conselheiro federal, Severino Cajazeiras; o vice-presidente da CAADF, Pedro Anísio de Aguiar; o secretário-geral da CAADF, Maxmillian Patriota; a diretora da CAADF, Daniela Caetano; o presidente da subseção do Núcleo Bandeirante, Sebastião Duque; a vice-presidente da Comissão de Advogados Integrantes dos Núcleos de Prática Jurídica, Marilia Mesquita; o presidente da Comissão de Bioética, Biodireito e Biotecnologia, Felipe Bayma; o vice-presidente da Comissão de Direito Empresarial, João Paulo Amaral; o presidente da Comissão de Honorários, Pierre Tramontini; o ex-ministro do TST, Antonio Maria Traumaturgo; a ex-presidente da Associação Nacional dos Membros das Carreiras da Advocacia Geral da União, Joana D’arc Vaz; a presidente da Comissão de Mediação, Elizabeth Ribeiro; o ouvidor da OAB/DF, Paulo Alexandre; o ouvidor adjunto, Handerson Roberto; o membro da Comissão de Saúde Suplementar do CFOAB, Eraldo Campos; o constituinte da República pelo estado do Amazonas, José Dutra;