Correio Braziliense: Governo avança em alguns pontos da pauta de reivindicação dos docentes

Thaís Paranhos

Publicação: 01/05/2012 08:30 Atualização:

Em mais uma tentativa de negociação para encerrar a greve dos professores, representantes do governo aceitaram proposta apresentada pela Ordem dos Advogados do Brasil Seccional do Distrito Federal (OAB-DF), caso a categoria decida acabar com a paralisação. Entre os novos itens apresentados está o aumento do abono saúde de R$ 110 para R$ 200 a ser concedido a partir de junho e não mais em agosto, como definido anteriormente. A oferta será avaliada pelos docentes durante assembleia que será realizada amanhã.

A proposta foi colocada em reunião realizada ontem na sede da OAB, que contou com a presença do reitor da Universidade de Brasília (UnB), José Geraldo de Sousa Júnior, dos deputados federais Roberto Policarpo e Érika Kokay e do distrital Wasny de Roure, os três do PT. “O mais importante é que não só o governo se comprometeu a cumprir o acordo, mas também as lideranças do movimento sentiram que, com essas propostas, pode haver a suspensão da greve”, avaliou o presidente da Ordem, Francisco Caputo. A votação da pauta já se iniciou nas regionais de ensino ontem mesmo.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: