A palavra principal da 18ª Corrida do Advogado foi confraternização. O clima de amizade entre os profissionais da advocacia marcou a competição, realizada na manhã deste domingo (30), no Eixo Rodoviário Norte, em Brasília. Participaram 1,1 mil pessoas, divididas nas categorias advogado, público-geral e portadores de deficiência. A largada foi dada às 9h30 pela presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, pelo secretário de Esportes, Aguinaldo de Jesus, e pelos diretores da entidade Ibaneis Rocha, vice-presidente, e Eduardo Roriz, secretário-geral. O campeão na categoria advogado geral, disputada em um percurso de cinco quilômetros, foi o procurador do DF Rodrigo Alves Chaves. Com um tempo de 18 minutos e 32 segundos, ele repetiu o feito conquistado ano passado, quando também ficou em primeiro lugar. Em 2008, o atleta obteve a marca de 18 minutos e 41 segundos. “A prova está cada vez mais competitiva, todo mundo tenta se superar, e quando você ganha um ano seu tempo passa a ser um parâmetro”, afirmou Chaves. “Para nós advogados, é uma corrida diferente das demais, porque é uma confraternização muito legal e ganhar é aquela ameixa no bolo”, completou. Na categoria advogado feminino, a campeã geral foi Julieta Lucia Coutinho. Ela completou a prova em 23 minutos e 23 segundos. “Vencer é ótimo, a Corrida do Advogado é muito boa porque incentiva um hábito saudável.” Julieta havia disputado a competição em 2007, mas como era estagiária de Direito participou na categoria público geral.

Homenagem Durante a prova foi feita uma homenagem ao advogado Edmundo Alves da Costa. Falecido em 5 de abril de 2009, aos 60 anos, ele era o atleta símbolo da advocacia brasiliense. Participava de todas as competições e ganhava sempre em sua categoria. Era chamado pelos colegas de “advogado de ferro”, pela força e determinação com que superava os obstáculos. A presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, entregou aos familiares de Edmundo uma placa em reconhecimento aos feitos do atleta. “Foi uma grande iniciativa da Estefânia Viveiros”, afirmou o filho de Edmundo, Keiton Alves de Sousa. Ele está terminando o curso de Direito e também disputou a prova. “Antes praticava a corrida mais por hobby e agora prático para honrar o nome do meu pai”, ressaltou. Os vencedores da Corrida do Advogado na categoria público geral, disputada em um percurso de dez quilômetros, foram Jose da Silva Lima, masculino (32min23s), e Elicilene Gomes Landim, feminino (25min6s). Na categoria andante sagrou-se campeão Moises Vicente Neto (35min10s).