“A reserva de vagas para negros nas eleições da OAB é um passo importante na luta contra o racismo institucional que hoje impera. Nos orgulhamos de termos aqui no DF a única vice-presidente negra do país”, afirmou o presidente da Seccional DF, Délio Lins e Silva Jr., para a coluna Grande Angular do site de notícias Metrópoles.

O advogado André Costa, que é o único negro entre os 81 integrantes do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), protocolou proposta de uma reserva de 30% das vagas em seus conselhos (federal, estadual, subseções e caixas de assistências) para pretos e pardos por dez anos.

Além disso, Délio acolhe, também, manifestação da Comissão de Igualdade Racial formulada no último dia 10/8.

Leia a reportagem publicada pelo Metrópoles na íntegra, aqui.

Foto de capa: pch.vector – www.freepik.com