25 novas advogadas e novos advogados ingressam na OAB/DF nesta tarde

A Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF) recebeu, nesta tarde de quinta-feira (12/11), mais 25 novas advogadas e novos advogados, em cerimônia que ocorreu presencial e virtualmente com transmissão pelo Canal oficial da OAB/DF no YouTube. Todos que vieram ao auditório da OAB/DF respeitaram os protocolos de distanciamento para a preservação da saúde, usaram máscara e álcool em gel. Pela manhã, a OAB/DF já havia acolhido 28 novos profissionais.

A cerimônia desta tarde foi prestigiada pela coordenadora-geral da OAB/DF, Karina Amorim, e pelo presidente da Subseção de Sobradinho, Márcio Caixeta.

O orador da turma, João Victor Casteliano Rangel, agradeceu ao presidente da OAB/DF, Délio Lins e Silva Jr., o convite para representar os seus colegas. Reconheceu especialmente o apoio dos pais, que estiveram no auditório ao seu lado. “Amo muito vocês!” Também, trouxe palavras de gratidão aos colegas de estágio em escritórios, pelos valiosos ensinamentos. “O contato com a advocacia me mudou como pessoa… ensinou valores e princípios para a vida toda… e tenho certeza que esse meu sentimento é equiparado ao dos meus colegas aqui, hoje.”

Para Rangel, a partir desta data todos estarão habilitados para o exercício da advocacia, um papel que traz muitas “responsabilidades”. Na Constituição Federal, artigo 133, lembrou que a profissão está inscrita. E falou sobre proteger a Carta Magna e o Estado Democrático de Direito. Por fim, destacou quatro elementos fundamentais, a seu ver, para o exercício profissional: “boa técnica, ética, coragem e paixão”.

PARANINFO

O advogado criminalista e empresarial, professor Edson Grossi, paraninfo da turma, falou sobre a caminhada dele, que começou há 20 anos. Destacou a importância de receber uma turma, como paraninfo. Discorreu sobre aquele momento que ele espera perdure na memória de todos e fez uma reflexão sobre o quanto cada um estudou para estar ali. “Mas, agora, a vida é batalha”, advertiu.

Para Grossi, os novos membros da OAB/DF acabam de ingressar para a família dos advogados. “Ser família, significa que você vai ter ideias, participar de debates diferentes, e ter colegas do outro lado. O importante é conseguir defender as suas ideias.” Para ele, quanto melhor for o profissional, melhor será para a advocacia.

Ao concluir seu discurso, pontuou a emoção: “Cada entrega de carteira, a gente vê o brilho nos olhos de vocês. Nos sentimos felizes! Obrigado por estarem aqui! Vocês escolheram a advocacia! Bem-vindos! Tenham força para não desistir; garra para lutar!” 

CONVIDADOS

O presidente da Subseção de Sobradinho, Márcio Caixeta, falou das dificuldades que todos atravessam com a pandemia. E destacou a importância de retomar as cerimônias de modo híbrido (presencial e virtualmente). Como representante das Subseções, observou que as portas estão totalmente abertas para os jovens advogados. “Somos poucas subseções e muito unidas”. Para ele, “a OAB é uma fábrica de sonhos”. Disse por fim: “sejam felizes nos sonhos de vocês”.

Karina Amorim contou que tem 21 anos na profissão e que, agora, fica feliz em ver que há cada vez mais mulheres na profissão. “Quando comecei, havia poucas mulheres.” Ela lembra que foi a primeira contratada no escritório em que trabalhou, logo no início da carreira, e que passou por percalços e por discriminações simplesmente por ser mulher. “Eu era o assunto, e tinha apenas 24 anos.” Ela reconhece que houve, portanto, uma evolução muito grande na sociedade de lá para cá… “Hoje, são novos tempos, e nossa gestão – na OAB/DF – é paritária (50% homens e 50% mulheres)”, comemorou.

Encerrando a solenidade, o presidente da OAB/DF, Délio Lins e Silva Jr., falou que a entrega de carteiras é “a mais emocionante e prazeirosa cerimônia que participa”, pois “não tem preço ver a alegria no auditório”. Délio agradeceu ao orador, que falou muito do que ele gostaria de expor.

Incentivou que todos tirassem fotos e registrassem essa comemoração de uma importante vitória para cada um. “De março para cá ninguém imaginou que poderia estar, hoje, aqui com essas máscaras, esse distanciamento, mas estamos.”

O presidente da Seccional deixou à turma, em suas palavras finais, considerações sobre a importância social da OAB e a responsabilidade de quem trabalha de graça, em comissões, subcomissões, para fazer o bem.

Délio, também, convidou os novos profissionais a já participarem de atividades em prol da advocacia. “Amanhã, sexta-feira (13), haverá ato em prol do retorno das audiências presenciais pela Justiça do Trabalho”, avisou. Leia mais aqui sobre essa convocação à categoria.

Veja a cerimônia desta tarde na íntegra aqui.

Comunicação OAB/DF

Texto Montserrat Bevilaqua e Neyrilene Costa (estagiária sob supervisão de Montserrat Bevilaqua)

Fotos: Valter Zica


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: