“A advocacia não é profissão para covardes” – José Eduardo Cardozo

“No momento em que a intolerância percorre as ruas, no momento em que a Constituição Federal de 1988 parece ser reescrita em nome de interesses políticos, nesse momento é necessário recordar uma frase de Sobral Pinto que me marcou: A advocacia não é uma profissão para covardes. A advocacia sem a democracia e sem o Estado de Direito não é nada. Num Estado autoritário, onde o suposto líder diz e faz o que quer, a advocacia é nada”, disse o paraninfo, advogado José Eduardo Cardozo, durante seu discurso na solenidade de entrega das carteiras a 80 novos advogados, na manhã desta terça-feira (25), na sede da Seccional, em Brasília.

O paraninfo aconselhou os novos advogados a “não deixarem de lado suas ideias, suas convicções. Sempre que se encontrarem em situações adversas na advocacia, não se acovardem. Gritem bem alto para que sejam ouvidos. A frase de Sobral Pinto deve ser uma tônica de suas carreiras. Não há Estado de Direito sem advogados. Não se curvem ao arbítrio. Defendamos o Estado Democrático de Direito que nos faz cidadãos livres. Esse é o papel do advogado”, concluiu.

Luíza Parro Nolêto, oradora da turma, falou sobre as dificuldades enfrentadas pelos novos advogados. “Ao lado do sentimento de gratidão está a preocupação com o futuro. Temos consciência da responsabilidade que recai sobre nossos ombros ao pegar a carteira da Ordem.O advogado é indispensável à administração da justiça, ele trabalha pela sociedade, viabilizando o acesso à justiça para aquelas pessoas que não têm o conhecimento técnico jurídico”, afirmou.

O presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto, parabenizou os novos advogados que, a partir de agora, começam uma nova etapa de suas vidas. “Estejam cientes, desde já, de que suas responsabilidades são bem maiores. Sejam engajados com suas causas, com seus clientes”, ponderou. Costa Couto também falou que “os ex adversus não são inimigos, mas colegas de trabalho que litigam pela parte contrária. “Trate-os com respeito, ética e admiração”.

Além do presidente da Seccional, compuseram a mesa a vice-presidente, Daniela Teixeira; o secretário-geral da OAB/DF, Jacques Veloso; o diretor-tesoureiro, Antonio Alves; o conselheiro Federal Severino Cajazeiras; o secretário-geral da Caixa de Assistência, Maximilian Patriota; os conselheiros Seccionais Ildecer Amorim, Janine Malta Massuda, Liliana Marquez, Lúcia Bessa, Maria Dionne de Araújo Felipe, Aldevair Cordeiro, Antonio Rodrigo Machado de Sousa, Fernando Martins, Silvestre Rodrigues da Silva; o presidente da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante, Tiago Santana; a vice-presidente e o secretário-geral do Conselho Jovem, Marcela Furst e Emanuel Sales; os presidentes da Subseção do Gama e Santa Maria, Amaury Santos de Andrade; do Núcleo Bandeirante, Guará e Riacho Fundo, Sebastião Duque; de Taguatinga, Andressa Pelissari; a secretária-geral adjunta da Subseção de Ceilândia, Cecilia Viana Cordeiro de Queiroz; e o ex-conselheiro Seccional Délio Lins e Silva Júnior.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: