Comissão de Prerrogativas da OAB/DF percorre delegacias de Ceilândia

Junto com o presidente da Subseção, Leonardo Rabelo, equipe foi verificar o atendimento às advogadas e aos advogados da região

A Comissão de Prerrogativas da Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF) percorreu, nesta quinta-feira (28), todas as delegacias de Ceilândia, dentre elas a unidade especializada no Atendimento à Mulher (15ª, 19ª, 23ª e 24ª). Foi uma diligência acompanhada pela diretoria da Subseção de Ceilândia, representada pelo presidente Leonardo Rabelo e pela secretária-geral Hanelise Justo.

As visitas visaram estreitar o diálogo institucional com as autoridades policiais de Ceilândia, a apresentação de solução para as demandas da advocacia e informá-los sobre a Central de Prerrogativas.

O presidente da Subseção, Leonardo Rabelo, também tratou com o delegado-chefe da 15ª Delegacia, doutor Antônio Dimitrov (foto acima), sobre a concessão de espaço para a instalação de uma Sala de Apoio à Advocacia na Central de Flagrantes. É onde funciona a Delegacia de Atendimento a Mulher (DEAM), um posto do IML e do Instituto de Identificação.

Segundo o vice-presidente da Comissão de Prerrogativas, Newton Rubens, a Comissão de Prerrogativas iniciou por Ceilândia uma série de visitas a delegacias do Distrito Federal para conversar com delegados-chefes em vista de superar dificuldade no atendimento de advogadas e de advogados.

“Estamos buscando o diálogo como forma de resolver questões como a demora no atendimento e problemas com a entrega de cópias de documentos aos profissionais. São questões cotidianas até muito simples, mas que se repetem e ferem as prerrogativas da categoria”, explicou Newton.

Foto: equipe na 24ª DP

Leonardo Bastos, procurador da OAB/DF, acompanhou essa visita e disse que a abordagem contou com a compreensão de todos os delegados-chefes. É fundamental essa proximidade e comunicação entre as instituições. Dessa forma, facilitaremos o dia-a-dia do advogado e resolveremos os eventuais entraves com mais celeridade e harmonia”, explicou.

O presidente da Subseção de Ceilândia, Leonardo Rabelo disse que Ceilândia conta, atualmente, com uma população de cerca de 400 mil habitantes e tem recebido apoio das forças de segurança para agir na redução de crimes contra a vida e o patrimônio. “Nossa intenção é somar para melhores resultados no enfrentamento da violência. Somos corporações que podem atuar conjuntamente muito bem, dentro dos limites de nossas competências. Hoje, as visitas foram provam disso”, afirmou Rabelo.

Comunicação OAB/DF

Texto: Montserrat Bevilaqua

Fotos da visita: equipe da Comissão de Prerrogativas


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: