Mediação como nova perspectiva na advocacia

A mediação como instrumento de conciliação foi um dos temas tratados, nesta quinta-feira (21), na IX Conferência da Advocacia do Distrito Federal, na sede do Conselho Federal da OAB. A Seccional da OAB do Distrito Federal realiza o evento nestas quarta e quinta-feira (21).

Severino Cajazeiras, conselheiro federal, presidiu a mesa do evento e observou que a mediação é essencial para desafogar o Judiciário. Além disso, Cajazeiras ressaltou que “a mediação ajuda muito as partes, que são colocadas frente a frente para que juntos consigam chegar a uma conclusão comum e ter resultados benéficos para ambos os lados”.

Flávia Brandão Maia, conselheira Federal pelo Estado do Espírito Santo e presidente da Comissão de Direito das Famílias e Sucessões do Conselho Federal da OAB, tratou da questão da família e da mediação. “Nós passamos a vivenciar outra forma de integração dessas pessoas dentro do núcleo familiar. Aumenta hoje o número de divórcio e separações. A família como um todo se tornou belicosa, e sendo belicosa trouxe para dentro do Direito de Família algo que nós temos que tratar. Surge neste momento além da lei material, que já conhecemos, a mediação dentro do Direito de Família”, afirmou. “A advocacia de família do futuro nos leva a crer que todos os escritórios de sucesso terão que ter um espaço para a mediação”, finalizou Flávia.

Para explicar o uso combinado da tecnologia com as formas adequadas à resolução de conflitos em meio virtual, Online Dispute Resolution, o advogado, mediador e membro da Comissão Especial de Mediação, Eduardo Machado Dias, trouxe sua experiência. Entre as vantagens de utilizar a mediação e a conciliação no meio online estão a acessibilidade, economia e a celeridade do processo. “Porque não resolver em minutos ou até em dias, conversando online”, questionou. “Não é racional o modelo atual. E a tecnologia está aí para ser usada. São milhares de casos que são resolvidos hoje por meio da mediação online. A ferramenta online dispute resolution traz escalas”, destacou Dias.

Para Filipe Bianchini, secretário-geral da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante (CAAI), “a gente sai da faculdade achando que tudo é litigioso. Nós trabalhamos muito no sentido de demonstrar que o cliente quer a briga judicial, mas o objetivo dele é a resolução do problema que ele tem. Cabe ao advogado identificar a melhor solução e, muitas das vezes, o litígio não é a melhor”.

A Conferência da Advocacia segue nesta quinta-feira (21). Acompanhe nossas publicações no site, Instagram – @oabdf – e Facebook – @ordemdosadvogadosdf.

A IX Conferência da Advocacia é uma realização da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Distrito Federal, em parceria com a Escola Superior da Advocacia do DF e com a Caixa de Assistência dos Advogados. Os patrocinadores do evento foram Adhara Veículos e UNICEUB.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: