OAB/DF participa de mais uma edição do The Street Store

No último domingo (16), a Seccional da OAB/DF participou pelo quarto ano consecutivo do projeto social The Street Store, ocorrido na Praça da Cidadania, em frente ao Teatro Nacional, em Brasília. Por meio de um stand repleto de doações, o projeto teve como objetivo levar um dia especial para pessoas em situação de rua. O espaço permite que pessoas desfavorecidas escolham, dentre as opções de doações, peças de roupas, sapatos, acessórios, brinquedos, cobertores, entre outros produtos.

Neste ano, aproximadamente mil pessoas compareceram ao evento. As Comissões de Direitos Humanos e de Ciências Criminais da OAB/DF disponibilizaram integrantes para prestar atendimento jurídico aos participantes. A Caixa de Assistência dos Advogados (CAA/DF) também esteve presente ao evento com a oferta de massagem, assistência social e uma enfermeira que aferiu pressão e taxa de colesterol.

A advogada Ana Izabel Gonçalves de Alencar, coordenadora do Projeto de Prevenção à Violência com Ação Social e membro da Comissão de Ciências Criminais e da Comissão de Direitos Humanos da OAB/DF, conta que o público atendido durante o evento foi diferente das edições anteriores. “Nessa edição atendemos pessoas que estão nas ruas há pouco tempo. Eram pessoas que tinham uma vida, emprego, moradia, mas que, devido a crise pela qual o Brasil está passando, acabaram tendo que abrir mão de tudo. Famílias inteiras foram beneficiadas pelas doações. Muitas delas sobrevivem apenas do Bolsa Família. Atendemos famílias muito necessitadas, passando fome, em situação bastante precária”.

Estrangeiros residentes em Brasília também foram atendidos. “Prestamos assessoria jurídica a essas pessoas. Muitos encontram-se sem qualquer tipo de documentação. Nesses casos, os instruímos a procurar pela Polícia Federal para requererem a identidade de estrangeiro. Também atendemos pessoas com transtornos mentais, dependentes químicos. Foi uma demanda grande. Muita gente precisando de ajuda urgente e imediata”, diz. “Ficamos muito tristes com as condições precárias que vimos essas pessoas sobreviverem , ao mesmo tempo que ficamos felizes com o resultado e com o aprendizado adquirido”, acrescenta.

“Nesse tempo de crise, a OAB tem papel fundamental no auxílio a essas pessoas, na medida em que atua incansavelmente pela defesa dos direitos dos cidadãos. Direitos esses constitucionalmente previstos e que deveriam ser cumpridos e respeitados por todos. Infelizmente, não é isso que ocorre”, finaliza.

O evento contou com a presença do presidente da Comissão de Ciências Criminais, José Gomes, da presidente da Comissão de Prevenção ao Uso de Drogas, Patrícia Sharon Naves, do conselheiro Seccional Alexandre Queiroz, além de membros das duas comissões, representantes da CAA/DF e voluntários da ONG Dente de Leão e outros órgãos.

 


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: