OAB/DF recebe 23 novos profissionais em primeira cerimônia híbrida de entrega de carteiras

Na manhã desta quinta-feira (5), a Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF) deu boas-vindas a 23 novos advogadas e advogados, em primeira cerimônia híbrida de entrega de carteiras (presencial e virtual), desde o início das restrições adotadas para conter a contaminação por coronavírus e com transmissão pelo YouTube. Foi um momento marcante para todos, diretoria da Casa e os compromissandos.

Na sede, estiveram presentes 19 compromissandos, que puderam levar até dois membros da família para a solenidade. A distância de segurança e o uso de máscaras e de álcool em gel foram observados.

O presidente da OAB/DF, Délio Lins e Silva Jr., ressaltou a alegria de voltar à Ordem. “Esta é a nossa primeira solenidade híbrida e que inaugura, também, o nosso painel de comemoração aos 60 anos da OAB/DF. É muito bom estar aqui e poder olhar nos olhos de vocês mais claramente, sem uma tela, para enxergar o brilho de cada um ao receber a carteira nesta cerimônia, que é a mais especial para mim”, afirmou.

A secretária-geral adjunta da OAB/DF, Andréa Sabóia, também destacou o momento como único. “É um dia muito especial. Essas solenidades sempre fazem a gente refletir sobre a nossa trajetória e desejos. Todas as vezes, eu fico emocionada. Quero que saibam que a OAB/DF é um templo de acolhimento e dedicação a todos os cidadãos. Conheçam as subseções e as comissões e participem ativamente conosco na luta por direitos”, pontuou.

Bem-vindos à OAB/DF

O discurso de nova integrante da OAB/DF foi feito pela oradora Camila Viana Oliveira. “Neste momento, nos tornamos oficialmente advogadas e advogados. Agora, mais do que nunca, temos de estar convictos de que a nossa profissão é importantíssima, pois sem nós, não há justiça. Sem justiça, não há Direito. Que exerçamos a profissão com ética e dedicação! Seja qual for o seu objetivo, o cumpra com excelência!”, disse. A oradora observou que estudar é uma necessidade contínua para quem quer colocar-se no mercado. “Estudamos muito para estarmos aqui, não é mesmo? Que continuemos assim!”

A presidente da Comissão de Igualdade Racial, Josefina Serra dos Santos, foi a paraninfa dessa primeira cerimônia híbrida. A escolha dela se deu por novembro ser o mês em que é celebrado o Dia da Consciência Negra (20/11). “É uma honra poder participar deste momento. Quando Délio me disse para ser representante por ser o mês do Dia da Consciência Negra, não tive como recusar! Essa é uma causa que defendo com todo o prazer”, afirmou Josefina.

Para a paraninfa, ser um profissional do Direito é “ficar preocupado com o outro e com a sociedade”. Segundo ela, “é o fazer de tudo para que uma causa seja solucionada; acreditar no Direito e na Justiça; também, nas instituições e na Constituição”. No caso dela, o sonho de participar da OAB/DF veio com muita luta e dedicação. “Quando eu passava em frente à Ordem, eu dizia a mim mesma que iria ser advogada, pois achava e acho uma profissão muito honrada. Tempos depois o sonho realizou-se e, hoje, eu digo que essa é uma das melhores profissões que existem. Saibam que a OAB/DF é a casa do Direito. É aqui onde você pode aprender com excelentes profissionais e, também, ser acolhido por todos”, destaca Josefina dos Santos.

O presidente Délio deixou, também, deixou conselhos para a nova advocacia. “Somos mais de 60 mil advogadas e advogados na capital, mas eu não falo isso para desanimar vocês e, sim, para que vocês saibam a importância de preparar-se para o mercado de trabalho. Leiam, estudem e esforcem-se muito, pois encontrarão espaços! Mostrem o diferencial! Acima de tudo, façam com amor! Amem o que estão fazendo, pois aí alcançarão mais espaços. Apesar das dificuldades que a pandemia trouxe, ela, também, abriu oportunidades. Então, sejam otimistas e pensem positivo. Isso tudo vai passar.”

Nesta primeira solenidade, compuseram a mesa o conselheiro Thiago Guimarães Pereira, a vice-presidente da Comissão de Combate à Violência Doméstica e Familiar da OAB/DF, Ana Paula Pereira da Silva, e o membro da Comissão dos Acadêmicos de Direito Lincoln Philipe Martins.

Veja a cerimônia na íntegra aqui.

Comunicação OAB/DF
Texto: Neyrilene Costa (estagiária sob supervisão de Montserrat Bevilaqua)
Fotos: Valter Zica


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: