Seccional realiza último dia de bate-papo dos candidatos ao Quinto Constitucional

Brasília, 17/9/2014 – O terceiro dia de bate-papo dos candidatos ao Quinto Constitucional ocorreu nesta quarta-feira (17), no plenário do 4º andar da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil do DF. Na oportunidade, os candidatos fizeram uma apresentação de seus perfis e suas propostas à vaga de desembargador no TJDFT destinada à advocacia. O objetivo foi o esclarecimento de dúvidas quanto às proposições de cada candidato e a interatividade entre eles e o público presente. Cada candidato teve o tempo de 20 minutos para fazer uso da palavra de forma individual e 10 minutos para responder as perguntas elaboradas pela organização do evento.

Juliano Costa Couto, secretário-geral adjunto da Seccional, realizou a abertura dos trabalhos e fez uma avaliação geral sobre o bate-papo nesses três dias de evento. “O bate-papo permitiu que todos os advogados, mais envolvidos estivessem pessoalmente com os demais candidatos, caso não os encontrasse pelas ruas ou em outro local. Acredito que o objetivo foi alcançado e os candidatos ficaram contentes e realizados com mais esse trabalho de divulgação da Ordem, que é assessorar e promover ao máximo a discussão acerca do melhor nome para ocupar o Quinto Constitucional”, ponderou.

O diretor tesoureiro, Antonio Alves, ressaltou a relevância deste acontecimento para a OAB. “Primeiramente foi trazer todos os interessados à vaga do Quinto Constitucional, conhecer o que se espera dos candidatos e obter deles o compromisso de que direitos como prerrogativas e direitos a honorários serão assegurados. Ou seja, esse desembargador obviamente como oriundo do quinto, tem que defender as prerrogativas, as questões gerais da advocacia e os honorários advocatícios”, disse.

Conheça as defesas dos candidatos à vaga destinada ao Quinto Constitucional:

Aldovrando Torres (2)Aldovrando Teles Torres
O meu diferencial, reverenciando os colegas candidatos é o compromisso aberto com a classe no resguardo dos direitos e imunidades do advogado.Entendo ser merecedor da escolha para a vaga do quinto constitucional em razão do meu currículo, da minha história de vida e do desejo de sempre fazer cumprir a lei.

 

Roberta ZanataRoberta Alves Zanatta
Sou advogada atuante há 19 anos. Nesse período, tenho me dedicado exclusivamente à advocacia, área que amo e que muito me orgulha. É essa experiência adquirida que pretendo levar ao TJDFT, contribuindo assim com a pluralidade nas principais decisões do Distrito Federal.

 

Elaine BastosEliene Ferreira Bastos
A experiência adquirida em 20 anos de advocacia, no DF, proporcionou-me conhecimento das expectativas dos advogados com relação ao Desembargador egresso da advocacia.

José Gomes

 

 

José Gomes de Matos Filho
O meu diferencial é a coragem de assumir e honrar compromissos, como o de estar com as portas do gabinete abertas a todos. Se mereço ser escolhido quem vai dizer são o(a)s colegas advogado(a)s, o Conselho da OAB/DF, o TJDFT e quem faz a nomeação.
Alexandre Garcia

 

Alexandre Garcia da Costa José Jorge
A missão da Justiça é a pacificação social, desmistifica a lógica e dá prioridade à vida. Eis a função do Estado-Juiz, a qual pretendo exercer aplicando a experiência desenvolvida na advocacia.

 

Compuseram a mesa: Juliano Costa Couto, secretário-geral adjunto, Antônio Alves, diretor tesoureiro da OAB/DF, Camilo Noleto, presidente da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante e o vice-presidente Guilherme de Castro Souza e Danielle Hammerschmidt membro da Comissão.
Ainda presentes, Erik Franklin Bezerra, Conselheiro e presidente do Tribunal de Ética e Disciplina (TED), conselheiros seccionais, membros das comissões e demais advogados.

Reportagem – Sussane Martins
Fotos – Valter Zica
Comunicação social – jornalismo
OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: