Placa comemorativa e flores para duas mulheres de destaque na carreira jurídica. Foi assim a cerimônia de comemoração do Dia Internacional da Mulher na OAB-DF, na noite desta quinta-feira (09). A Comissão da Mulher Advogada prestou homenagem à ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Eliana Calmon e à presidente da OAB-DF, Estefânia Viveiros.

“Na figura da ministra Eliana Calmon, homenageamos todas as mulheres de carreira jurídica pelo Dia Internacional da Mulher”, disse a presidente da OAB-DF ao abrir a sessão. Eliana Calmon é ministra do STJ desde 1999 e foi a primeira mulher a ingressar em um tribunal superior para o cargo de ministro. A homenagem foi motivada pelo título que a ministra recebeu de jurista mais competente do Brasil, segundo pesquisa realizada pela Revista Forbes Brasil.

A presidente da Comissão da Mulher Advogada, conselheira Sabá Cordeiro, deu continuidade à cerimônia e destacou o papel de algumas mulheres da história brasileira. “A presença da mulher no poder resultante da vontade e do compromisso político faz uma diferença considerável. Transformar, ampliar, fortalecer, mesmo que muitas vezes intimide, jamais é diferente ou igual”, disse a conselheira. “Como profissional, desde cedo, (Eliana Calmon) revelou-se audaz, empreendedora e determinada”, disse a amiga do Tribunal Regional Federal da 1°Região, Sonia Garcez Teixeira, durante a apresentação do perfil da ministra.

Ao receber a placa comemorativa e flores das mãos da presidente da OAB-DF e da presidente da Comissão da Mulher Advogada, a ministra do STJ agradeceu e disse-se “encantada com a delicadeza do gesto e a finura da homenagem”. “Acredito no impossível e por isso eu luto. Não sou melhor do que qualquer mulher. Estou apenas no pedestal que é o STJ, representando as mulheres que não tiveram a oportunidade que eu tive de me apresentar em público”, disse a ministra.

O conselheiro Aluísio Xavier destacou a competência da ministra. “A qualidade de ter humildade contribui muito para o sucesso da ministra”, disse o conselheiro. A conselheira Edylcéa De Paula parabenizou à ministra e aproveitou para manifestar sua felicidade em trabalhar com a presidente da OAB-DF. Em seguida, a vice-presidente da Comissão, Maria Dalva Lopez, convidou as mulheres que compõem a Comissão para entregar a placa comemorativa e flores a Estefânia. “A Comissão também a homenageia por ser a primeira mulher a assumir a OAB-DF e pelo seu destaque no âmbito jurídico”, disse Maria Dalva. Atualmente, Estefânia é a única mulher em exercício da presidência entre as Seccionais da OAB de todo o país.

A presidente da Associação das Mulheres de Carreira Jurídica, Herilda Balduíno, também parabenizou Estefânia por ter alcançado a presidência da OAB-DF e do orgulho de ter mulheres que chegam aos tribunais superiores. “Formamos um grande cabedal jurídico, cívico e moral dessa cidade”, disse Herilda. Segundo a ministra do STJ, Denise Arruda, a homenagem tem cunho marcante porque Eliana Calmon é uma pioneira e trilhou uma carreira excelente até chegar ao STJ.

A presidente da OAB-DF aproveitou a oportunidade para agradecer às mulheres que compõem a Comissão da Mulher Advogada e as conselheiras da casa pelo trabalho e por muito bem representarem as advogadas do DF. A Comissão é composta pelas advogadas Aligari Loureiro, Anadyr Rodrigues, Cristine Teixeira, Débora D`Almeida, Gilcéa Carvalho, Iraci Barbosa, Maria Dalva Lopez, Maria Julia Monteiro, Mariela Souza, Neyse Fernandes, Nicola da Motta, Olíbia Terezinha Rocha, Sueli Mendonça, Temilce Feydit e Wanda Lima.