O presidente da FAJ, Osmar Alves, abriu mais um dia de debates na OAB-DF. Estudantes e advogados tiveram a oportunidade de discutir o tema “Alimentos: fixação, revisão e exoneração” com a professora Karla Faiad na manhã desta sexta-feira (4), na sede da OAB-DF. A palestra cumpre a programação do IV Ciclo de Estudos da Fundação de Assistência Judiciária (FAJ).  Para a advogada e professora Karla Faiad, as maiores dúvidas são quanto e quando os alimentos são devidos. “Existe um senso comum de que os alimentos só são devidos quando o filho é menor e que a maioridade do filho enseja exoneração. Isso não é o que a lei prevê”, explica a professora.  A estudante do último semestre de Direito, Maria Mirte Coutinho, disse que a palestra esclareceu pontos em relação à exoneração. “Agora, sei que parentesco e necessidade são o que prevalece”, disse a estudante.