Brasília, 02/01/2012 – A coleção Direito FGV está sendo lançada pela editora Campus/Elsevier: Direito Ambiental; Direito Comercial – passado, presente e futuro; Nazismo, cinema e direito; Regulação financeira para advogados; Separação de poderes e medidas provisórias; e STF – do autoritarismo à democracia. Além de oferecer uma análise diferenciada, a coleção é indicada ao profissional que tem a pretensão de direcionar sua atuação às novas demandas do mercado de trabalho.

A abordagem dos assuntos resultou de rigorosa pesquisa jurídica. No Direito Ambiental, por exemplo, o autor Rômulo Silveira da Rocha Sampaio aborda desde a concepção, o desenvolvimento e a consolidação do Direito Ambiental no Brasil, incluindo uma criteriosa seleção de leis, textos doutrinários, tratados internacionais, dentre outros materiais relevantes para a discussão apresentada para cada tópico. Já STF – do autoritarismo à democracia, de Fabiana Luci de Oliveira, analisa a presença do Supremo Tribunal Federal no cenário público nacional e a forma pela qual compôs seu papel como ator político no processo de transição democrática no Brasil, entre 1979 e 2011.

No Direito Comercial, de Cássio Machado Cavalli, o intuito é verificar se persistem no panorama jurídico contemporâneo os significados que historicamente foram atribuídos ao tema. Também pretende aproximar a dogmática do direito comercial à tutela constitucional dos direitos fundamentais. Em Nazismo, cinema e direito, o autor Gabriel Araújo de Lacerda dá uma demonstração de sua prática em sala de aula. Instrumentaliza o ensino do direito através do cinema e expõe o desejo de trazer para a realidade e para o cotidiano dos alunos situações e conflitos que parecem distantes, mas presentes na sociedade.

O livro Regulamentação financeira para advogados, de Antônio Carlos Porto Gonçalves, Antônio José Maristrello Porto e Patrícia Regina Pinheiro Sampaio, constitui-se de um guia de estudo, ao mesmo tempo didático e atual, sobre o setor financeiro. Apresenta as principais instituições e normas incidentes das perspectivas internacional e doméstica. A obra Separação de poderes e medidas provisórias, de Pedro Vieira Abramovay, está voltada ao princípio da separação no que se refere à relação entre o Legislativo e o Executivo. O objetivo é estudar a edição de medidas provisórias no Brasil contemporâneo para compreender seu papel na conformação do princípio da separação de poderes.

Reportagem – Helena Cirineu
Com assessoria de imprensa da Editora Campus
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF