Entrega de carteira destaca a importância do Exame de Ordem

Brasília, 08/07/2011 – A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do DF, promoveu nesta sexta-feira (08/07) mais uma solenidade de compromisso de novos advogados. Foram entregues 84 carteiras da OAB para bacharéis aprovados no Exame de Ordem. A cerimônia foi conduzida pelo presidente da Seccional, Francisco Caputo: “É um momento sublime. Recebemos um reforço tão especial de jovens advogados que a partir de hoje integrarão esse exército da liberdade. Os senhores trilharam um caminho bastante exaustivo para chegar nesse dia especial”.

Durante a cerimônia, Caputo observou a proliferação dos cursos jurídicos. “Antes de criticarmos o Exame de Ordem, devemos ir ao cerne da questão: De que a sociedade precisa? De uma quantidade infindável de novos advogados formados em faculdades sem o menor compromisso educacional? Ou precisa de profissionais qualificados para lidar com os bens mais preciosos do ser humano, sua dignidade, sua honra e sua liberdade?”.

O orador Thiago Sabóia enfatizou que a turma faz parte do grupo dos 11,73% aprovados no último Exame. “Não há como negar a alegria e a satisfação de fazer parte desse grupo seleto. Acredito que a maioria passou pela autocobrança de provar para si mesmo que era capaz de obter a aprovação no Exame e ser habilitado a exercer a profissão de advogado. Na vida prática lidamos muitas vezes com direitos inestimáveis por natureza e por esse motivo devemos defender cada cliente como se estivéssemos advogando para a nossa própria mãe ou pai ou qualquer outra pessoa querida”.

“Alguém de vocês já observou um elefante no circo?”, questionou o paraninfo da turma e presidente da Comissão de Prerrogativas, Sandoval Curado Jaime, que contou uma história reflexiva sobre a liberdade. O conselheiro também aconselhou os novos advogados: “Se não conseguirem fazer uma coisa grandiosa hoje, façam alguma coisa pequena. Pequenos riachos acabam convertendo-se em grandes rios. Lembrem-se sempre que a imponência do pinheiro e a beleza do ipê começaram ambas na singeleza e na pequenez das sementes. Continuem andando e tentando, sempre. Não desistam de seus sonhos”.

Para o advogado Luiz Eduardo Costa foi difícil passar no Exame da Ordem, “mas agora é que começa o desafio. Com fé em Deus, vão aparecer boas oportunidades”.

Reportagem – Thayanne Braga
Foto – Rebecca Omena
Assessoria de Comunicação


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: