Ao ser entrevistada nesta segunda-feira (12/09) no programa “Acorda, Brasília”, da TV Brasília, a presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, defendeu o afastamento do deputado Severino Cavalcanti da Presidência da Câmara dos Deputados até que sejam concluídas as investigações em torno das denúncias contra ele. Além disso, na opinião de Estefânia, o afastamento daria condições para a Câmara prosseguir, dentro dos prazos, os trabalhos de julgamento dos demais parlamentares envolvidos no escândalo do mensalão.

Para Estefânia Viveiros, a insistência de Severino continuar no cargo apenas arrasta a crise por mais tempos, com conseqüências imprevisíveis, já que a cada dia surgem fatos novos. “A sociedade está perplexa e aguardando um desfecho para tudo isso”, afirmou. “Se é inocente, o presidente da Câmara deveria dar o exemplo, facilitando os trabalhos de investigação para uma solução rápida”.

Estefânia disse estranhar também as informações em torno de um possível acordo entre o governo e Severino Cavalcanti para manter a situação como está. “A ser verdade o que ele próprio (Severino) vem afirmando, o governo está sendo incoerente com tudo o que vem pregando. Melhor seria se ficasse à distância”, disse.