A luta da Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil em defesa da Defensoria Pública está surtindo efeito. O Diário Oficial do DF publicou na edição desta sexta-feira (19) a nomeação de cinco novos procuradores de Assistência Judiciária do DF de 2ª categoria, da Carreira de Assistência Judiciária. A presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, considerou positiva as contratações: “É um bom início e representa a importância da Defensoria Pública. Porém, são necessárias mais nomeações para acompanhar a crescente demanda da população, tendo em vista ainda a ampliação do Poder Judiciário no DF com a instalação de novos fóruns e varas”. Os defensores públicos nomeados são: Jorge Luis Moran, Bruno Roberto Figueiredo Calvano, Michelle Tonon Barbado, Alexandre Marques da Silva e Wemer Hesbon Borges da Silva. Segundo o diretor-geral da Defensoria Pública, Geraldo Martins, “a nomeação destes novos defensores públicos reflete a atenção e preocupação de nosso governador, José Roberto Arruda, com a Defensoria Pública e com a população carente atendida pelo nosso órgão”. A posse ocorrerá em data ainda não definida.

Ato Público A OAB/DF realizou na quarta-feira (17) um ato pela valorização da Defensoria Pública. Advogados, promotores e juízes manifestaram a importância da estruturação da carreira e contratação de novos defensores no DF. O objetivo da Ordem é garantir que a população carente tenha acesso à Justiça. Na ocasião, foi decidido que será pedida uma audiência ao governador José Roberto Arruda para apresentar as reivindicações. O secretário-adjunto de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos do governo do Distrito Federal, Ricardo José Alves, prometeu a contratação, até o final do ano, de pelo menos 13 defensores públicos aprovados no concurso realizado em 2006. Cinco deles foram nomeados nesta sexta-feira. Com informações do GDF