A presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, recebeu em 17 de agosto, a visita da presidente da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica do Rio Grande do Norte (ABMCJ/RN), Lucia Jales. A advogada relatou para Estefânia projetos que estão sendo desenvolvidos pela entidade, principalmente na área social. “Temos um serviço de plantão pelo qual atendemos mulheres carentes que precisam resolver problemas jurídicos”, explicou Lucia Jales. Em 2008, foram atendidas mais de 500 mulheres. O serviço funciona na sede da ABMCJ/RN, na Avenida Rodrigues Alves nº 777, em Natal, às terças e quintas-feiras.    Lucia Jales também contou sobre a pesquisa feita pela entidade em parceria com magistrados, promotores e procuradores do Estado. O censo avaliou as condições de trabalho dos operadores do Direito no Rio Grande do Norte. O estudo ainda será divulgado, mas segundo antecipou Lúcia, 86% dos advogados consultados acham que não existe política de valorização aos profissionais da advocacia nos espaços da Justiça mantidos no estado.