Representantes do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade de Brasília (UnB) estiveram reunidos com a presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, no fim da tarde desta terça-feira (1), para manifestar apoio à iniciativa da entidade de examinar o pedido de impeachment do governador José Roberto Arruda. Os universitários anunciaram que estarão presentes na sessão de quinta-feira (3) do Conselho Pleno, quando os conselheiros seccionais decidirão pelo pedido ou não à Câmara para processar Arruda. “Todas as ações que estão acontecendo agora mostram um sentimento da sociedade por mudança, para acabar com a corrupção no governo do Distrito Federal”, afirmou um dos coordenadores do DCE da UnB, Raul Cardoso. “É um assunto que toda a sociedade brasileira está analisando, temos que entrar com o processo de impeachment e ir às ruas para mudar a conjuntura política atual de Brasília”, reforçou o estudante Rafael Barroso, coordenador-geral do DCE. Ambos são estudantes de Ciência Política da universidade. Estefânia Viveiros não antecipou sua posição sobre o pedido de abertura do processo de impeachment, pois participará da análise no Conselho. A presidente afirmou que a participação da sociedade é fundamental nesse processo e que as denúncias que têm sido divulgadas pela mídia são muito graves. “O envolvimento de todos os estudantes, sindicatos e associações é importantíssimo, é um ato de cidadania”, declarou a presidente. Também participou da reunião o advogado Márcio Freitas.