O advogado que atua no Fórum do Núcleo Bandeirante tem agora um espaço exclusivo para preparar petições ou atender um cliente. A OAB/DF inaugurou no local, na tarde desta quarta-feira (4), uma sala de apoio ao profissional da advocacia. A placa de inauguração foi descerrada pela presidente da Seccional, Estefânia Viveiros, pelo presidente do Tribunal de Justiça do DF e Territórios, desembargador Nívio Geraldo Gonçalves, e pelo presidente da Subseção de Taguatinga da OAB, Ailton Coelho.

“É um espaço que integra o advogado de forma firme neste contexto do que é a Justiça”, afirmou Estefânia Viveiros. A sala possui um computador, impressora, duas mesas e duas poltronas. Uma secretária auxiliará os advogados no local. O objetivo da OAB/DF é garantir o cumprimento das prerrogativas profissionais e dar um suporte cada vez maior a prática da advocacia. A solenidade de abertura da sala ocorreu junto com a inauguração oficial da Circunscrição Judiciária do Núcleo Bandeirante, que passa a ter também uma Vara Cível, de Família e de Órfãos e Sucessões e uma Vara Criminal e do Tribunal do Júri. O desembargador Nívio Gonçalves disse que a instalação das novas varas é fundamental para formação de um Judiciário cada vez mais atuante e independente. Ele também relembrou a trajetória do desembargador Hugo Auler, que dá nome ao fórum.

Hugo Auler O Fórum do Núcleo Bandeirante leva o nome do primeiro desembargador de Justiça do DF, Hugo Auler, escolhido por Juscelino Kubitscheck dentre os desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro para implementar o Judiciário na nova capital federal. Com uma área de 6.014 metros quadrados, distribuídos em três pavimentos, o fórum conta com biblioteca jurídica e espaço para Defensoria Pública, Assistência Judiciária e Ministério Público do DF, entre outros.