Brasília, 20/9/2013 – Atenta em resguardar os direitos de jurisdicionados e advogados, a OAB/DF encaminhou ofício aos tribunais, inclusive às Cortes Superiores, solicitando a suspensão dos prazos processuais ou a prorrogação do pagamento de custas processuais e depósitos judiciais/recursais para o primeiro dia subsequente ao fim da greve dos bancários, iniciada nesta quinta-feira (19/9), causando a impossibilidade de acesso às agências bancárias.

Também foi pedido ao Conselho Federal da OAB a intervenção junto ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para que a medida seja adotada nos tribunais de todo o país.

Greve

Os bancários iniciaram greve por tempo indeterminado e acontece em todo o território nacional desde a zero hora do dia 19. Com a paralisação, as agências e os prédios administrativos terão o funcionamento afetado. Os caixas eletrônicos estarão funcionando normalmente, mas não devem ter reposição de dinheiro.

Reportagem – Priscila Gonçalves
Foto – Wilson Dias/Abr
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF