Jornal Coletivo: Agnelo garante piso salarial aos advogados de Brasília

A legislação estabeleceu diferentes valores para as horas semanais trabalhadas

Bruno Lourenço – Redação Jornal Coletivo

Os advogados que iniciarem a partir de hoje a carreira no Distrito Federal passam a contar com um piso salarial definido. Uma nova lei sancionada pelo governador Agnelo Queiroz garante o valor mínimo a ser pago para os profissionais da área. Aqueles que cumprirem jornada de 20 horas semanais receberão o piso de R$ 1.500. Já para os que trabalharem 40 horas durante a semana o valor definido foi de R$ 2.100. A proposta foi aprovada pela Câmara Legislativa em 14 de dezembro de 2011 e também prevê o reajuste salarial de acordo com a inflação todo o dia primeiro de janeiro.

Na solenidade, realizada na sede da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Distrito Federal, o governador se encontrou com o presidente da OAB/DF, Francisco Caputo e outras autoridades. Entre elas, o deputado Chico Leite (PT) que falou sobre a importância da OAB para a atual gestão do GDF. “Estamos fazendo um governo baseado na legalidade. Por isso, nada melhor do que um parceiro firme e determinado como a OAB”, comentou o deputado.

Francisco Caputo lembrou que a medida é essencial para a categoria, mas ainda não é o ideal. Agnelo ressaltou que o piso salarial para os advogados é uma “demanda antiga”. “A lei é importante. Significa que agora, a categoria está protegida”.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: