Publicação: Sexta-feira, 11/11/2011 às 11:39:11 Atualização: 11/11/2011 às 11:43:21

O uso do taser, mais conhecido como arma de choque, por agentes do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) está suspenso no DF. A autorização ou não será decidida em audiência pública. Mesmo assim, os agentes continuam em treinamento.

Tema foi discutido na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) com representantes do Detran-DF, Secretaria de Segurança Pública do DF e presidente da Ordem se reuniram nesta quinta-feira (10).

Técnicos do Detran-DF expuseram a necessidade do uso do taser durante as operações de trânsito. Eles lembraram, por exemplo, que o uso desse tipo de equipamento segue, inclusive, orientação da Organização das Nações Unidas e que já existem mais de quinhentos mil vendidos em todo o mundo, doze mil só no Brasil.

O presidente da OAB-DF, Francisco Caputo, disse que o órgão não está convencido sobre a necessidade do uso do taser, mas que ficou impressionado com o conhecimento adquirido pelo Detran para moldar o processo para adquirir esse equipamento.

Já o secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Avelar, o uso desse equipamento é necessário, já que os agentes estão expostos diariamente ao risco em operações no trânsito. Segundo ele, existem vários vídeos e fotografias que mostram casos de violência e agressão contra agentes do Detran.

Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br