O Secretário-Geral Adjunto da OAB/DF, Max Telesca, opôs-se frontalmente contra a tese da intervenção federal no DF. Em nome de seus colegas de diretoria, Telesca concedeu entrevista à rádio CBN, na manhã da quinta-feira, 25.      O dirigente da OAB/DF deixou claros os termos da posição contrária à intervenção, relacionando-a à defesa do Estado de Direito e da democracia. “A nossa postura é de manutenção do Estado Democrático de Direito. O que nós estamos propondo para a sociedade civil é que se organize em torno da ideia não intervencionista, nesse momento. Porque entendemos que uma intervenção será prejudicial a longo prazo para a autonomia do governo do Distrito Federal”, esclareceu.     Ouça os melhores momentos da entrevista