Neste Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, parabenizamos todas as mulheres, em especial as mulheres Advogadas. Cultivamos em nossa gestão a promoção da inclusão da mulher advogada, bem como incentivamos que ocupem espaços e tenham voz e vez onde desejarem.

Infelizmente ainda vivemos numa sociedade potencialmente machista e preconceituosa. Cabe a nós, enquanto representantes de Ordem e ainda porta-vozes da sociedade, lutar e combater qualquer tipo de discriminação e violência.

A mulher ainda é vítima da violência doméstica. A cada 5 minutos uma mulher é agredida no Brasil. De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o sétimo país que mais mata mulheres, numa lista de 83 nações mais violentas. Dados do Sistema de Informações sobre mortalidade computam 13 mulheres assassinadas por dia no país.

É fato que tivemos inúmeras conquistas nos últimos anos como o direito ao voto; a Lei Maria da Penha; o reconhecimento do feminicídio; a aprovação da cota de pelo 30% de mulheres na política, a exemplo do que já ocorre na Ordem.

O caminho por direitos iguais ainda é árduo e longo, mas nós representantes da Ordem reiteramos nosso compromisso com a luta. Fica nossa admiração e desejo de que igualdade seja uma realidade.

A diretoria

Juliano Costa Couto
Presidente da OAB/DF

Daniela Teixeira
Vice-presidente da OAB/DF

Jacques Veloso
Secretário-geral da OAB/DF

Cleber Lopes
Secretário-geral adjunto da OAB/DF

Antonio Alves Filho
Diretor-tesoureiro da OAB/DF