Com a voz embargada e muita emoção, a presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, comandou a cerimônia de homenagem aos ex-presidentes da instituição,

realizada nesta terça-feira (21) no Teatro Nacional, que marca o encerramento das comemorações dos 45 anos da OAB/DF, completados no dia 25 de maio. Na ocasião foi lançada oficialmente a V Conferência dos Advogados do Distrito Federal – A Reforma do Judiciário, que acontecerá de 9 a 11 de agosto.

“Gostaria de lembrar pessoas que ao longo destas últimas quatro décadas e meia fizeram, construíram, abrilhantaram, honraram, dignificaram e tornaram respeitável a OAB/DF”, disse ela, citando primeiramente Nehemias Gueiros, que entre outros feitos criou, em 25 de maio de 1960, a OAB do Distrito Federal.

Estefânia Viveiros citou, ainda, Francisco Luiz de Bessa Leite Filho, o primeiro advogado a se instalar na cidade, antes mesmo que a capital tomasse forma; Leopoldo César de Miranda Lima, primeiro presidente da OAB/DF; e todos os quinze ex-presidentes da Seccional, a quem dedicou palavras de agradecimento. “Todos, indistintamente, marcaram época e construíram a história”, declarou a presidente da OAB/DF.

O presidente do Conselho Federal, Roberto Antônio Busato, também falou à platéia de advogados e autoridades. “Não exagero quando afirmo que a seccional brasiliense foi uma das mais atuantes e corajosas na luta contra a ditadura militar em 64, e teve atuação decisiva no processo que resultou em sua derrubada. Meus cumprimentos e um forte abraço da advocacia brasileira”, afirmou ele.

Medalhas – Antes do início do concerto da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, sob a regência do maestro Wagner Polistchuk, que apresentou Romeu e Julieta, de Tchaikovsky, Pássaro de Fogo, de Stravinsky, e o Concerto para Piano e Orquestra, de Mozart, houve entrega de diplomas de Honra ao Mérito aos ex-presidentes Francisco Ferreira de Castro, Antônio Carlos Sigmaringa Seixas, Amauri Serralvo, Luis Filipe Ribeiro Coelho e Antônio Carlos Elizalde Osório, representado pelo filho Antônio Cândido Osório Neto.

A presidente Estefânia Viveiros também concedeu medalhas comemorativas dos 45 anos ao presidente do Conselho Federal, Roberto Antônio Busato; ao membro honorário vitalício do Conselho Federal, Reginaldo Oscar de Castro; ao Secretário de Cultura do DF, Pedro Bório; ao ministro do TST, Vantuil Abdala; ao ministro do STM, Olympio Pereira Silva Júnior; ao vice-presidente do TJDFT, desembargador Estevão Maia; ao ministro do STJ, Teori Zavaski; ao desembargador do Tribunal de Justiça José Cruz Macedo; ao promotor Petrônio Calmon Filho, do MPDFT; ao diretor da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, Cláudio Coutinho; e ao procurador Rogério Schetti, do MPDFT.

Ao final, a própria Estefânia Viveiros foi surpreendida com uma homenagem dos ex-presidentes, na pessoa de Francisco Ferreira de Castro, que também lhe concedeu um diploma de Honra ao Mérito.

Presentes à solenidade, o vice-presidente da OAB/DF, Paulo Roberto Moglia Thompson Flores, o secretário-geral, Francisco de Campos Amaral, o diretor tesoureiro, Severino Cavalcanti, e os conselheiros Sabá Cordeiro Macedo, Adriana Beltrane, Edylcea Tavares Nogueira de Paula, Alberto Moreira de Vasconcelos, Aluísio Xavier de Albuquerque.

Também presentes, o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da OAB/DF, Carlos Aureliano Motta de Souza; o presidente da FAJ, Osmar Alves de Melo; e o presidente da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante, Jacques Veloso de Melo.