A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do Distrito Federal, determinou a abertura de processo ético-disciplinar contra o advogado Clauber Madureira Guedes da Silva. Ele foi retratado em matéria jornalística veiculada no Correio Braziliense de 14 de outubro como acusado de oferecer dinheiro para obter falso testemunho com fins eleitoreiros.

A conduta narrada configura, em tese, violação ao Código de Ética e Disciplina da OAB. Ao profissional investigado será garantido o mais amplo direito de defesa, com os meios e recursos a ele inerentes. Se comprovadas as irregularidades, o advogado sofrerá as penas da lei.

Francisco Caputo
Presidente da OAB/DF