NOTA DE REPÚDIO DA OAB/DF AO ATAQUE DE POLICIAIS CONTRA ADVOGADO DE GOIÁS

Reprodução de notícia do Metrópoles

A Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF) repudia, veementemente, as agressões de policiais do Giro (Grupamento de Intervenção Rápida Ostensiva) – braço do Batalhão de Choque da Polícia Militar de Goiás – contra o advogado Orcélio Ferreira Silvério Júnior.

Foi brutal e covarde, um verdadeiro ataque, o que vimos em imagens veiculadas pela imprensa em relação ao advogado Orcélio Ferreira Silvério Júnior, quando ele apenas intercedia por um homem em situação de rua, que também foi agredido pelos agentes, segundo os relatos publicados. Veja aqui a reportagem de Metrópoles.

É inaceitável que policiais tenham esse comportamento! Assim, vimos exigir, como cidadãos brasileiros e advogados, providências imediatas da Secretaria de Segurança Pública e do governador Ronaldo Caiado.

Infelizmente, no Brasil, temos visto que está se tornando corriqueiro agredir advogados!

Goiás é nosso estado-irmão, vizinho, temos atuações com a advocacia de lá!

Estamos, portanto, ao lado da Seccional de Goiás para prestar solidariedade a todos os advogados goianos e para exigir a devida apuração e responsabilização dos agentes envolvidos nessa barbaridade. O importante a destacar é que não podemos nos calar!

Quando tivemos um dos nossos advogados do Distrito Federal preso e algemado, na 16ª Delegacia de Planaltina, no ano passado, Rodrigo Santos, também um caso de grande violência e repercussão na imprensa, recebemos solidariedade de advogados do Distrito Federal e de outras localidades.

É porque a advocacia está sempre unida em defesa das prerrogativas!

Assim, protestamos pelos atos indesculpáveis, e exigimos providências imediatas do governo de Goiás.

Délio Lins e Silva Jr. presidente da OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: