Novos advogados recebem a carteira em solenidade na Seccional

Brasília, 17/12/2014 – A Seccional da Ordem dos Advogados do Distrito Federal realizou a tradicional cerimônia de entrega de carteiras para novos advogados, na terça-feira (16). Os 72 advogados fizeram o juramento diante de representantes da casa, familiares e autoridades.

O vice-presidente da OAB/DF, Severino Cajazeiras, abriu a solenidade dando as boas-vindas aos novos profissionais. “A partir de hoje vocês tem um novo endereço: a OAB”. Segundo Cajazeiras, a Ordem tem se preocupado cada vez mais em atender os advogados com excelência.

Para o orador, Diogenes Correia, o advogado tem o “poder-dever” para assegurar as pessoas, físicas e jurídicas, seus direitos. Diogenes também falou sobre a função da profissão escolhida. “O objetivo maior de cada advogado deve ser constituir uma sociedade livre, justa e solidária”.

20141218_entrega2A paraninfa, Indira Quaresma, falou sobre sucesso profissional e financeiro em seu discurso. Ela falou da importância da paciência na trajetória profissional. “Não tenham pressa de ser bem sucedidos, se preocupem mais com o aprendizado”. Para Indira, é dessa forma que os novos advogados atingirão o sucesso.

Compuseram mesa o vice-presidente, Severino Cajazeiras; o secretário-geral adjunto da Seccional, Juliano Costa Couto; a paraninfa e vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/DF, Indira Quaresma; o presidente da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante, Camilo Noleto; o presidente da Comissão de Assuntos Legislativos, Jackson di Domenico; o coordenador do Escritório Modelo da OAB/DF, Alberto Araújo; a vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada; Andréa Peixoto.

Confira abaixo as ideias do orador da cerimônia sobre seus planos, expectativas e metas na nova jornada profissional:

20141218_entrega1Diogenes Correia Vieira de Farias – 43 anos

Por que você escolheu ser advogado?
A minha escolha surgiu da ideia de que a sociedade precisa de pessoas dedicadas a defesa dos seus direitos, pessoas com compromisso, com o estabelecimento da justiça para o alcance dos objetivos da sociedade brasileira.

Como você se vê profissionalmente daqui a 10 anos?
Eu me imagino atendendo cada vez melhor as expectativas dos clientes, das pessoas que estão necessitadas de Justiça e que eu consiga a cada dia prestar esse serviço de forma mais aperfeiçoada.

Para você, qual é o papel da Ordem na sua jornada profissional?
Eu vejo a Ordem como uma entidade de alta relevância para a sociedade. É por meio da OAB que o advogado consegue levar sua voz para o aperfeiçoamento do Estado. Ela apoia e colabora para a missão social do advogado em relação a administração da justiça.
Texto – Érica Fontoura
Fotos – Valter Zica
Comunicação social – Jornalismo


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: